Coração Deserto/Desert Heart

 

Recebi este texto recentemente e aqui estou eu compartilhando com vocês.

São palavras sábias, profundas e absolutamente verdadeiras.

Às vezes, duras de aceitar.

Não resista. Absorva e coloque em prática na sua vida.

Tudo de bom!

Kiki Felipe

 

 

Porque Moisés recebeu a Bíblia no deserto?

Porque não na praia ou na beira beira de um lago?

A resposta é muito simples: Por nada. Este é o fator principal.

Se você pensar num deserto, nada cresce, nada brota. Pense na imagem de uma tumbleweed (sem tradução para o português. É aquela planta, que parece uma ‘bola’ de planta seca, que vemos em filmes ‘rolando’ em solos áridos) passando por nós.

Não é para pensar que estamos apenas passando pela vida, e sim,  deixando a nossa dor e sofrimento passar por nós.

Uma pessoa espiritual é alguém que sabe que ela é a causa, e não o efeito. Em termos práticos, isto significa que ninguém é capaz de fazer nada por você, porque você cria a sua própria realidade através das suas palavras e ações – seja nesta vida ou em vidas passadas.

Na medida em que nós nos esforçamos para compartilhar / /’crescer’ espiritualmente / / e sermos seres humanos conscientes, a incapacidade de perdoar os outros é uma negação completa das leis do universo. Se ater e nos apoiar na raiva, ressentimento, culpa e julgamento,  é deixar passar uma lição extremamente importante:

Perdoar é compreender que não há nada a ser perdoado. Ninguém magoou você e nunca vai magoar, porque todos os desafios da sua vida é uma consequência das sementes que você plantou há muito tempo atrás. (completo aqui: nesta vida ou em vidas passadas).
Se livrar da culpa e da dor emocional crônica acontece quando você pratica a arte de temer menos e amar mais. Isso não significa que você pode ‘relaxar’ e deixar que acabem com você,  que ‘pisem’ em você, que usem você e depois te joguem na lata do lixo. É exatamente o oposto de tudo isso.
Quando você tiver mais espaço dentro de si para o perdão, você pode ter mais certeza e saber quais as coisas que você deseja para si mesmo e para os outros.

Quando você quer deseja se desprender das garras que o seu passado tem sobre você? Se livre de rancores. Sinta toda a dor que você está evitando. Se você ficar preso no que aconteceu com você, você só continuará a fazer crescer os ressentimentos a infelicidade e o pessimismo.

Pense nas pessoas incríveis e apaixonantes que você conhece. Provavelmente, elas são as pessoas que estão de bem com a vida porque elas sabem como deixar o passado para trás e viverem o momento presente.

Precisamos da nossa força interior para nos tornarmos um deserto e nos desprendermos todo o peso morto da dor que tenta criar raízes onde não deveria crescer.

Preste atenção profundamente no horizonte deste deserto e você verá bênçãos incríveis vindo em sua direção.

(Texto de Yehuda Berg / Co-Diretor do Kabbalah Centre International e autor de alguns livros ‘best-sellers’ como: The Power of Kabbalah72 Names of God, e The Power to Change Everything).

*****************************************************************************************************
I’ve got this text recently and here I am sharing with you.

These words are wise, deep and absolutely true.

Sometimes hard to accept.

Do not resist. Absorb and put into practice in your life.

All the best!

Kiki Felipe

Why did Moses receive the Bible in the desert? Why not the beach? Or on a lake? What’s in the desert for us? The answer is: nothing. That’s the point.

If you think about a desert, nothing takes root, nothing grows. Picture a tumbleweed just passing through. Not in the sense of treating life as though you are just passing through, but rather, letting your hurt and pain pass through.

A spiritual person is someone who knows they are cause, not effect. In practical terms this means no one is capable of doing anything to you, for you create your reality through your words and actions – either in this life or a previous one.

Inasmuch as we strive to be sharing//spiritual//conscious human beings, the inability to forgive others is a complete denial of the laws of the universe. Holding onto anger, resentment, blame, and guilt is overlooking an important lesson:

Forgiveness is in understanding there is nothing to forgive. No one has harmed you, nor can they ever, because everything challenging in your life is an effect of seeds you planted long ago.

Letting go of blame and chronic emotional pain happens when you practice the art of fearing less and loving more. This doesn’t mean lying back and allowing yourself to be stepped on, used up, and thrown in the trash. Just the opposite.

When you have more room inside for forgiveness, you can be more assertive for the things you want for yourself and others.

When do you want to let go of the grip your past has on you? Drop the grudges. Feel the pain you’re avoiding. If you stay stuck in what has happened to you, you will only continue to grow resentful, unhappy and pessimistic.

Think about the excited and passionate people you know. Chances are they’re the ones who are in love with life because they know how to let go of the past and move into the moment.

We need the strength to become a desert and let go of all the dead weight of pain trying to take root in an environment where it’s not meant to grow.

Scan the horizon of this desert and you’ll see tremendous blessings coming your way.

(text by Yehuda Berg / Co-Director of the Kabbalah Centre International and author of many best-selling books such as The Power of Kabbalah72 Names of God, and The Power to Change Everything).


2 Comments

Filed under Uncategorized

2 responses to “Coração Deserto/Desert Heart

  1. clearing for space allows opportunity to be filled with my choices.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s