Meditação: mudanças na estrutura do cérebro/Meditation: big changes!

“Um novo estudo oferece alguma esperança e mostra que os benefícios da meditação estão ao alcance das pessoas que não são “praticantes experientes” ou nunca praticaram antes.

O estudo, publicado no mês de Fevereiro/2011, na revista Psychiatry Research: Neuroimaging, sugere que meditar por apenas 30 minutos por dia, durante oito semanas, pode aumentar a densidade de massa cinzenta em regiões do cérebro associada à memória, stress e empatia.

Pesquisas anteriores mostraram que a estrutura do cérebro dos praticantes de meditação (com muita experiência), “é diferente” da estrutura do cérebro dos não-praticantes, em determinadas regiões.

Antes, as pesquisas não tinham dados a respeito do cérebro das pessoas anterior ao início e desenvolvimento da prática da meditação.

Este é o primeiro estudo a documentar a diferença na estrutura do cérebro de uma pessoa com pouquíssima ou nenhuma experiência meditativa; antes de começar a praticar, depois de alguns dias praticando e a estrutura cerebral após oito semanas de práticas diárias.

Os resultados deste estudo oferecem novas evidências para a “plasticidade” do cérebro, o que significa que o cérebro pode mudar sua forma ao longo do tempo.

Isso sugere que não estamos simplesmente presos aos padrões neurais pré-concebidos como sempre se pensou. Podemos melhorar substancialmente a nossa capacidade cognitiva e emocional.

É importante notar que a meditação não é a única forma de investigação testada para produzir essas mudanças no cérebro.

Um estudo publicado em Fevereiro/2011, na revista Proceedings of National Academy of Sciences, concluiu que o hipocampo de pessoas com 60 anos de idade, aumentou em volume depois que elas passaram a andar em uma pista de atletismo três vezes por semana durante um ano. No grupo que fez menos exercícios aeróbicos, o hipocampo na verdade se tornou menor.

O resultado de toda essa pesquisa parece mostrar que: pequenas mudanças fazem SIM muita diferença.

Podemos criar efeitos positivos sobre o nosso cérebro e bem-estar geral sem grandes esforços olímpicos.

Namaste.

(este texto foi traduzido do artigo “A Little Meditation Goes a Long Way” – A new study offers the strongest evidence to date that meditation can change the structure of your brain, by Jason Marsh/posted Feb 25, 2011.)

photos by Kiki Felipe

Se você tem interesse em ler o artigo na íntegra em inglês:

A Little Meditation Goes a Long Way: How Mindfulness Changes the Structure of Your Brain.

This text is part of the article:

“A Little Meditation Goes a Long Way” – A new study offers the strongest evidence to date that meditation can change the structure of your brain, by Jason Marsh/posted Feb 25, 2011.

photos by Kiki Felipe

If you are interested in reading the full article please click on the link bellow.

A Little Meditation Goes a Long Way: How Mindfulness Changes the Structure of Your Brain.

“The study, published last month in the journal Psychiatry Research: Neuroimaging, suggests that meditating for just 30 minutes a day for eight weeks can increase the density of gray matter in brain regions associated with memory, stress, and empathy.

Previous research has shown that the structure of very experienced meditators’ brains is different from non-meditators in certain regions, but it couldn’t prove that the meditators didn’t have exceptional brains to begin with. This is the first study to document a difference in brain structure from before someone starts a meditation practice to after they’ve gotten underway—and after only eight weeks, at that.

The results of this new study offer further evidence for the “plasticity” of the brain, meaning it can change its shape over time. That suggests we’re not simply stuck with the neural cards we’re dealt; we can fundamentally improve our cognitive and emotional capacities.

It’s important to note that meditation isn’t the only research-tested way to produce these changes in the brain. A study published last week, in The Proceedings of the National Academy of Sciences, found that the hippocampus of people in their 60s increased in volume after they’d walked around a track three times per week for a year; in peers who did less aerobic exercises, the hippocampus actually got smaller.

The upshot of all this research seems to be: Small steps matter. Many of us can bring about positive effects on our brains and overall well-being—without an Olympic effort.”

Namaste.


1 Comment

Filed under Uncategorized

One response to “Meditação: mudanças na estrutura do cérebro/Meditation: big changes!

  1. The photos alone are meditative,,, obrigada🙂 Ommmm

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s